CONFEITARIA, TORTAS E ENTREMET

Torta cremosa de pistache e morango

17 de agosto de 2015

A temporada de morangos vermelhinhos e suculentos sempre nos convida a criar receitas com a fruta. Essa torta é um luxo – afinal, pistache não é uma matéria prima barata, por isso é a receita para guardar na manga para usar NAQUELA ocasião mais do que especial!

Ela leva um creme de pistache perfumado com uma pitadinha de canela e limão (para acender o sabor do pistache) além de pistache açucarados. E um creme de morango de sabor bem intenso.  Um luxo de sabor, não é não?

| Serve: 8 a 10 pessoas | Rendimento: fôrma de 22cm de diâmetro | Tempo de preparo: médio | Validade: 3 dias em geladeira (mas acaba geralmente em algumas horas!) |

 

Massa

200g pâte sablée

1. Prepare a pâte sablée conforme instruções na receita. Para a torta você só vai precisar de cerca de 200g, o restante da massa você pode manter congelada ou assar biscoitos!

2. Leve a massa para pré-assar – por cerca de 10 minutos – em forno pré-aquecido a 180 °C – ela vai ficar com uma cor branca e aroma de farinha crua – esse é o ponto! Retire do forno e reserve.

Creme de pistache

¾ xícara (chá) / 90g farinha de pistache
1 unidade / 50g ovo
3 colheres (sopa) / 30g manteiga sem sal amolecida (ponto pomada)
1 colher (sopa) / 8g farinha de trigo
¼ xícara (chá) / 50g açúcar refinado
¼ colher (chá) / 1 pitada canela em pó
raspas de ¼ limão taiti

1. Junte a manteiga com o açúcar e misture com uma espátula até criar uma pasta. Acrescente o ovo e misture.

2. Junte os demais ingredientes e misture com o auxílio de um fouet.

3. Leve o creme para a geladeira por 12 horas.

4. Retire o creme da geladeira, deixe em temperatura por 30 minutos e então verta sobre a massa pré-assada. Leve ao forno – que deve estar pré-aquecido a 180 °C – por aproximadamente 15 minutos ou até a superfície estiver dourada. Atenção! O creme não fica firme, ele deve sair um pouco mole do forno, para permanecer macio e suculento quando frio.

5. Retire a torta do forno e deixe esfriar completamente, só então desenforme.

Creme de morango

1 xícara (chá) / 200g purê de morango
¼ xícara (chá) / 50g açúcar refinado
½ colher (chá) / 2g pectina ATM

1. Faça um purê de morango: lave e bata os morangos em processador ou liquidificador, coe e use.

2. Junte todos os ingredientes em uma panela e leve ao fogo médio até ferver.

3. Retire e deixe esfriar em geladeira coberto com filme plástico. Reserve para montagem.

Pistache açucarado

¼ xícara (chá) / 30g pistache torrado
½ colher (sopa) / 6g açúcar refinado
½ colher (chá) / 2,5mL água

1. Junte todos os ingredientes e leve a uma panelinha mexendo sempre, até o açúcar cristalizar e envolver todo os pistaches.

2. Retire da panela e verta em uma superfície untada com óleo ou sobre um tapete de silicone.

3. Reserve para montagem (mas é para reservar, não coma nenhum… porque depois do primeiro eu duvido que você tenha forças para não querer comer tudo!!! Acredite em mim, pistache cru já é bom, açucarado…. meu SENHOR, é impossível comer um só!)

 

MONTAGEM

morangos frescos e maduros, quanto baste
folhas de hortelã ou manjericão, quanto baste

1. Coloque a torta assada com o creme de pistache no prato de serviço. Cubra com o creme de morango.

2. Corte os morangos, com o cabinho, em 4 partes e decore a torta displicentemente – sem regras! Se você se incomodar com os cabinhos, pode retirar e utilizar folhas de hortelã ou manjericão para finalizar a decoração. Mas lembre-se, elas vão agregar um novo sabor à sua torta.

3. Jogue os pistaches caramelados por cima e pronto, é só servir e receber os elogios!

4. A torta, pelo fato de utilizar morangos frescos, sem aquela cobertura de geleia de brilho, dura 1 dia apenas. Se quiser aumentar sua validade para 1 dia a mais, utilize a geleia de brilho nos morangos.

Dicas da Joyce

Morango é uma fruta deliciosa, extremamente suculenta e, apesar de ácida, doce e super aromática. São esses fatores que precisamos trazer para a torta: a doçura e o perfume do creme de pistache em contraste com a acidez e o sabor do morango.

Prefira investir um pouco mais e comprar morangos orgânicos, frescos, suculentos e bem vermelhinhos. Se você tiver a sorte de cultivar moranguinhos silvestres, que possuem um sabor frutado maravilhoso, use e abuse deles!

Portanto, para a receita dar 100% certo e ser maravilhosa, cuide dos seus ingredientes! O pistache também precisa de atenção – como já não é uma matéria prima barata e você decidiu investir nele para surpreender seu paladar, e o das pessoas que vão compartilhar essa torta com você, prefira os pistaches sicilianos, do Bronte, bem verdinhos. Compre inteiro e faça sua própria farinha.

Se não encontra-los, o pistache iraniano, aquele mais amarelado serve: antes de utilizar toste no forno a 180 °C por cerca de 10 minutos. Apenas para “acender” o sabor e o perfume da castanha.

A pitada de canela combina muito bem com o perfume do pistache, mas ela é sutil, não precisa ser sentida no paladar. É como usar pimenta do reino em um prato salgado – ela está lá pelo perfume, e não pela picância! O limão, idem, por isso, cuidado para não exagerar na dose!

Que tal aprender mais?

Sem comentários

Deixe seu comentário